30 janeiro 2015

MANTA DE CROCHE ROBERTA BASE DE PONTOS FALSOS







Publicação:  12 de outubro de 2007
1ª Atualização: 16 de junho de 2009
2ª Atualização: 30 de janeiro de 2015

Olá, amiga(o)!

Teci essa MANTA DE CROCHÊ para a minha filha Roberta. É uma das peças para o seu enxoval. 
Eu queria tecer uma manta composta de Quadrados de Crochê (crochet squares), mas não queria ficar fazendo quadradinho por quadradinho, para depois emendá-los. Decedi, então, tecer esse ponto em forma de leque, com moldura de Pontos Altos. Ele é tecido de forma contínua, em carreiras de ida e volta... Dá menos trabalho e fica linda... Essa foi a idéia.



MATERIAL NECESSÁRIO:
  • Para Manta de Solteiro: 20 novelos de Lã Cisne Super Bebê;
  • Para Manta de Casal: 20 novelos de Lã Cisne Super Bebê;
  • Agulha para Crochê 3 mm;
  • Agulha de Tapeçaria e Tesourinha para o arremate.

GRÁFICO da MANTA DE CROCHÊ ROBERTA. Clique na foto para ampliá-la...




COMO INICIAR A MANTA:
O início dessa Manta é totalmente diferente dos trabalhos que costumeiramente tecemos. Sua base não é com o tradicional Fio de Correntinhas.
  • Peço sua total T E N Ç Ã O  para essa  D I C A
Existem alguns pecadinhos que cometemos no crochê, que podem comprometer todo a estética final do nosso trabalho. 
Várias leitoras já me questionaram sobre o fato de seus trabalhos que são feitos em linha reta, em carreiras de ida e volta, ficarem menor na parte do início, do que na parte final. Esse é um problema muito comum, principalmente quando estamos iniciando no crochê. Dá uma certa frustração quando no final do trabalho olhamos, ao levantarmos a peça constatamos que ao invés de uma peça retangular, como a de uma Manta Coberta, a peça acaba ficando no formato de um Trapézio Isósceles, ou seja, com a sua Base menor que a parte final do trabalho. 

Se com você isso não ocorre, ótimo! Teça da forma tradicional mesmo. 

Caso contrário, aproveito essa oportunidade para te oferecer uma opção a mais: 
  • Primeiramente vamos fazer o Teste da Flexibilidade dos Pontos:
    • 1º PASSO:
      • Pegue uma peça de crochê que foi tecida em carreiras de ida e volta, na região do início da peça, ou seja do Fio Base de Correntinhas e a estique no sentido horizontal:
        • Observe que a Flexibilidade é mínima, ou seja, ela quase não estica. Podemos dizer que nessa região os Pontos não têm Flexibilidade. 
    • 2º PASSO:
      • Pegue essa mesma peça, agora na região do final da peça, ou seja, na região da ultima carreira e estique também no sentido horizontal:
        • Observe que nessa região os Pontos são Flexíveis
- Você deve estar se perguntando:  
  • PORQUE ISSO OCORRE? 
    • Isso ocorre porque sua peça foi iniciada com o Fio Base de Correntinhas. O Ponto Corrente tem pouquíssima Flexibilidade. Podemos dizer que ele não tem a mesma Flexibilidade que os demais pontos. 
    • Sua peça pode estar perfeita, ou seja:
      • Início e final com as mesmas medidas que a Inflexibilidade da Base permanecerá. 
    • Você pode estar se perguntando: 
      • E se eu iniciá-la com uma Agulha de numeração maior?
    • Eu te respondo: 
      • Mesmo assim na Base sua peça vai estar sempre menos Flexível...
- Você deve estar se perguntando:
  • O QUE EU POSSO FAZER PARA QUE A BASE DO MEU TRABALHO FIQUE TÃO FLEXÍVEL QUANTO O FINAL DELE?
Pois bem, a Técnica que usei para iniciar essa MANTA COBERTA é uma Dica excelente para a solução desse tipo de problema...
A sua BASE não se inicia com o tradicional Fio de Correntinhas (corr). Sua Base se inicia com o um ponto que é conhecido como PONTO ALTO FALSO. Que em resumo é o Ponto Alto tecido sem o Fio Base de Correntinhas. Estranho, não??? Estranho, sim! Mas funciona perfeitamente...




PASSO-A-PASSO DE COMO TECER O PONTO ALTO FALSO:




1º PONTO ALTO FALSO:
  • Teça 4 Correntinhas (corr), para iniciar; 
  • Lace a linha, como se fosse fazer um Ponto Alto, normal; 
    • Insira a Agulha na 1ª das 4 Correntinhas; 
  • Lace a linha novamente;
  • ATENÇÃO!  
  • Nesse momento você tem 4 pontos na agulha, igual a figura logo a seguir;
  • Solte apenas 1 ponto da Agulha



  • Lace a linha novamente e 
  • Solte mais 2 fios da agulha.





  • Lace a linha novamente e 
  • Solte os 2 últimos pontos da agulha. 
    • Está pronto o 1º Ponto.
2º PONTO ALTO FALSO:
  • Lace a linha como se fosse fazer um ponto alto normal;
  • Insira a agulha na base do Ponto Alto que você acabou de tecer;
  • Lace a linha de novo e.... ATENÇÃO!... 
  • Solte apenas 1 dos 4 pontos que estão na agulha;
  • Lace a linha novamente e 
  • Solte mais 2 fios da agulha
  • Lace a linha novamente e 
  • Solte os 2 últimos pontos da agulha. 
    • Está pronto o 2º Ponto.
3º PONTO ALTO FALSO:
  • Para tecer o 3º Ponto e demais, repita os procedimentos do ultimo ponto.
  • Vá tecendo e medindo. Quando atingir a medida da largura da sua Manta inicie a 2ª Carreira...
Se preferir tecer acompanhando vídeo, acesse o vídeo a seguir. Ele é bastante esclarecedor... 





Você pode iniciar o seu trabalho de Crochê com o Ponto que se fizer necessário:
  • Meio Ponto Alto Falso ou
  • Ponto Baixo Falso.
 É muito interessante... 
Se for do seu interese veja o vídeo do link a seguir, que ensina COMO TECER O MEIO PONTO ALTO FALSO: 
QUEM TECEU UMA MANTA INSPIRADA NESSA:

    Bons Crochês!

Com carinho,


A V I S O



A T E N Ç Ã O!
A V I S O:
Todos os projetos que aqui posto são GRATUITO (FREE). Se você gostar, você pode copiar e tecer peças iguais as minhas. Pode também vendê-las e postá-las nos seus blogs ou espaços da web. Peço em contrapartida referencia ao meu blog e link para o meu post que originou a peça tecida por você. Leia maiores detalhes a seguir...
SOBRE OS MEUS DIREITOS AUTORAIS E CONCESSÕES:
  1. AUTORIZO post dos vídeos de minha autoria... Caso queira postá-los em seus blogs ou nas suas demais páginas da net, fique a vontade... Eles estão disponíveis , desde que você faça referencia ao meu blog e um link explicito para o post a que ele pertence.
  2. AUTORIZO ainda o post de apenas uma FOTO da PEÇA, de cada post, DESDE QUE seja apenas para ilustrar alguma referência que você esteja fazendo ao meu blog ou a alguma matéria da minha autoria. Não se esqueça de fazer um link explicito para meu blog e para post da referida foto...
  3. NÃO AUTORIZO postar fotos dos meus desenhos manuais de gráficos... Post a foto da peça pronta e faça um link explicito para a matéria do meu gráfico... E não diretamente a URL ou link do gráfico ou PAP... Quando se faz um link diretamente para a foto do gráfico isso impossibilita que a sua leitora conheça o meu blog, o que me prejudica financeiramente, tendo em vista que ganho pelo conteúdo, clicks e visitas no meu blog...
  4. NÃO AUTORIZO postar meus gráficos sobre fotos. Pelos mesmo motivos expostos no item 3...
  5. NÃO AUTORIZO postar meus passo-a-passo. Também pelos mesmos motivos anteriormente citados...
  6. NÃO AUTORIZO fazer vídeos das minhas peças seguindo os meus gráficos e PAP...
  7. NÃO AUTORIZO postar meus posts... Isso se chama PLAGIO.. Esse é o máximo dos abusos... Copiar um post inteiro é totalmente inaceitável. Citar uma frase é aceitável, desde que você esteja escrevendo sobre o assunto. Coloque-a entre aspas com o nome e link do blog de forma explicita... Não faça links obscuros...
  8. Em CONTRAPARTIDA peço um link para a matéria da foto que você postar e também que me avise para que eu possa comentá-los.
Conto com a sua compreensão...
Atenciosamente,
Sônia Maria

LINK-ME

TWITTER-TWEET

DIGITE O QUE ESTÁ PROCURANDO AQUI NO BLOG

TODOS OS MARCADORES